Bloqueio Anestésico

A dor muscular é a queixas mais comum em serviços médicos. Em quase 100% dos casos apresenta componente de dor miofascial, ou seja, apresenta pontos dolorosos que referem dor à distância quando pressionados ou espontaneamente. Pode haver também formigamentos e limitação de movimentos por pontos gatilhos ou trigger-points.

O diagnóstico é clínico, através de exame físico detalhado que inclui palpação e uso de ALGÔMETRO para localização dos pontos gatilhos. Os exames laboratoriais são normais, mas, são solicitados para afastar outra causa dos sintomas como Radiculopatia Cervical ou Lombar, Neuropatias como Síndrome do túnel do carpo, Ciatalgia, entre outras.

Tratamento:

  • Medicações para diminuir a dor (antinflamatórios e relaxantes musculares).
  • Fisioterapia (em especial, eletroterapia e termoterapia associadas a exercícios de facilitação).
  • Bloqueios Anestésicos.

Para evitar recidivas:

  • Programas de exercícios para fortalecer a musculatura e melhorar condicionamento aeróbico.
  • Técnicas de relaxamento e medidas para reduzir tensão e ansiedade.
  • Acupuntura.

O que é Bloqueio Anestésico?

Ë procedimento com agulha e lidocaina (anestésico) realizado por médico especializado após cuidadoso exame físico auxiliado pelo dinamômetro de pressão local chamado ALGÔMETRO ou pela TERMOGRAFIA. Não há contra-indicações valorizáveis. Em geral, é pouco doloroso e de efeito imediato no alívio da dor e ganho de amplitudes da região acometida (exemplo: torcicolo, ombro congelado, etc.). Trata de maneira imediata o espasmo muscular das lombalgias relacionadas com pontos-gatilho nesta região.